Curiosidades Horta

Uma horta 33 metros abaixo da terra

Impossível? Agora já não!

Amigos desde infância, Steven Dring e Richard Ballard, criaram uma ‘horta’ inovadora num sítio onde ninguém a esperaria encontrar. Decidiram aproveitar um espaço esquecido, que não era utilizado desde os anos ’40 do século passado.

Richard Ballard e Steven Dring com uma jornalista.

Richard Ballard e Steven Dring com uma jornalista.

Os antigos túneis que serviam de abrigo contra as bombas alemãs durante a Segunda Guerra Mundial e que ajudaram a salvar milhares de pessoas, ganharam uma nova vida e foram convertidos numa horta que produz verduras para os habitantes do Londres contemporâneo. Como?

As plantas crescem numas condições especiais e controladas:

zerocarbonfood1

Interior do túnel

A temperatura dentro dos túneis é estável (16º C) e por isso permite uma cultura contínua durante todo o ano, as estações do ano perdem a importância.

Resulta que para cultivar saladas saborosas não é preciso ter a luz solar, bastam umas lâmpadas LED que a imitam. As cultivações passam a ser independentes das variações de clima e do tempo.

O solo também já não é o tradicional, os agricultores inovadores utilizam o sistema de hidroponia em que as raízes recebem directamente as substâncias nutritivas dissolvidas na água.

Além disso, as plantas crescem livres de pragas e insectos porque estes não conseguem sobreviver a 33 metros de baixo da superfície. Assim, não há necessidade de usar os pesticidas.

E por fim, o projecto reduz o tempo de transporte que em vez em dias é contado em horas. As saladas chegam as mesas frescas e quase sem perdas desnecessárias.

Saladas prontas a recolher

Saladas prontas a recolher

Se quiserem conhecer mais detalhes sobre o projecto, visitem as páginas Zero Carbon Food e Growing Undergroound.

O que acham desta ideia? Queriam ter umas hortas dessas perto de vocês?

You Might Also Like