Horta selvagem Plantas Principal

Língua de ovelha

Língua de ovelha (Plantago lanceolata)

Ainda criança gostei muito dessa planta… Sem conhecer bem as suas propriedades brincava com ela tirando-lhe as ‘linhas’ (um nome popular desta planta em francês é herbe à cinq coutures, quer dizer herva de cinco linhas) e pondo as folhas nas feridas (as sugestões da avó).

Hoje já sei um bocadinho mais sobre ela e uso em casos de problemas respiratórios e com a pele.

A língua de ovelha, Plantago lanceolata, está presente em quase todos os continentes. Natural de Europa, Ásia e África do Norte, foi levada também às Américas, à Austrália e a Madagáscar.

Língua de ovelha (Plantago lanceolata)

Língua de ovelha (Plantago lanceolata)

Cresce até 40 cm (as flores). Podemos encontra-la em qualquer sítio (terrenos baldios, margens de caminhos, pradairas, etc.), adapta-se facilmente a varias condições. Na nossa quinta cresce praticamente por todo lado: no pomar, ao lado da casa, na horta, entre as oliveiras…

plantago2

Flor de língua de ovelha – as sementes desta planta são uma iguaria para os canários.

Santa Hildegarda de Binden (sec. XII) utilizava esta planta para clarear as sardas, aliviar as picaduras de insectos, curar feridas, febre, vômitos de sangue, a raíz comida servia para proteger contra a magia e feitiços.

Hoje grande parte destas propriedades encontra a sua confirmação na ciência. Sabemos que a língua de ovelha tem propriedades antibacteriánas, antiviráis (sumo), anti-inflamatórias, anti-tosse, imunoestimulantes, cicatrizantes. É usada para curar a inflamação de garganta, bronquite, constipação, catarro causado por vírus, alergia (causada por pólen). Exteriormente, para curar as inflamações e irritações de pele (picaduras de insectos ou hortigas – sumo, folhas esmagadas).

A dose diária é de 3 – 6 gramas por dia (não se deve ultrapassa-la).

Folhas de língua de ovelha -vista de cima

Folhas de língua de ovelha – vista de cima

Folhas de língua de ovelha - lado inferior

Folhas de língua de ovelha – lado inferior

Chá de língua de ovelha para aliviar as vias respiratórias:

1,4 gramas de folhas para uma chávena de chá (15 cl) de água a ferver. Deixar tapado durante 10 – 15 minutos.  Beber 1 – 3 vezes por dia.

Cuidado! Não confundam as folhas da língua de ovelha com as de Digitalis planata que é tóxica e danifica o coração.


As informações que acabaram de ler têm carácter meramente informativo e não podem ser consideradas como receitas médicas.

Fontes:

Minker, Carole. 200 plantes qui vous veulent du bien. Larousse. Paris 2013.

www.rozanski.li

You Might Also Like